OPERACIONALIDADE NA LOGÍSTICA

OPERACIONALIDADE NA LOGÍSTICA

COMO ORGANIZAR O SETOR DE LOGÍSTICA DA SUA EMPRESA EM 4 PASSOS

Marcelo Banzato Blog 441 views 8 min. de leitura

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Vivemos em tempos de muito dinamismo e hiperconectividade entre pessoas e instituições. A sensação de urgência parece ser mais intensa, fazendo com que serviços em geral tenham que ser cumpridos de forma mais rápida, eficiente e com um alto grau de exigência.

Por conta disso, investir em boas práticas para organizar o setor de logística é a prioridade de diversas empresas que desejam ter rentabilidade e virar referência em um mercado competitivo.

Atualmente, é cada vez mais decisivo para empresas investir em métodos para aprimorar a eficiência das etapas da cadeia de produção e distribuição, elevar o rendimento das atividades e agregar valor para o cliente final.

Como sabemos, o setor de logística coordena todo o fluxo de produção e deslocamento de materiais, envolvendo um grande volume de informações e profissionais. Devido à sua complexidade, para garantir a excelência, empresas precisam investir em processos integrados, bem-planejados e otimizados de modo que todas as atividades sejam eficazes. 

Para as organizações, o setor de logística é crucial para conquistar um diferencial competitivo e ampliar sua atuação no mercado. Ao mesmo tempo, os custos da cadeia de distribuição abocanham grande parte das despesas da empresa.

Nesse cenário, quanto mais inovadoras e estratégicas forem as técnicas incorporadas na logística, maior serão a redução de gastos e a lucratividade para o negócio. Com processos mais acertados, a empresa ganha produtividade, eficiência, agilidade e consegue oferecer serviços de qualidade superior.

Se esse é o objetivo do seu negócio, continue a leitura deste artigo completo sobre como gerenciar melhor seu setor de logística em 4 passos essenciais. Acompanhe!

CONHEÇA OS 4 PILARES DA LOGÍSTICA DE SUCESSO

1.   PLANEJAMENTO

Para ter sucesso no setor de logística, existem pontos-chave que, quando bem executados, permitem a gestão eficaz e precisa de etapas como a compra, recebimento, armazenamento, separação, expedição, transporte e entrega de diversos produtos ou serviços pelo melhor custo-benefício.

O planejamento e o mapeamento de processos do setor de logística são cruciais para dar suporte ao gestor, que tem controle total de toda a cadeia de produção e distribuição. Quanto maior for o domínio das informações e das atividades, mais simples será apontar fragilidades e possíveis erros.

A estrutura do planejamento logístico pode ser dividida e realizada em três níveis, como vemos a seguir:

Nível estratégico: nesse momento, toda a rede logística da empresa é mapeada e são decididos planos que estejam em sintonia com as metas, valores e missões do negócio.

Nível tático: aqui, as ideias são traduzidas em ações que coloquem os objetivos da empresa em prática.

Nível operacional: nessa esfera, acontece a coordenação das tarefas criadas pela base tática que são suporte para uma meta maior a ser atingida. 

Com organização e acompanhamento rígido do início ao fim, gestores são capazes de prever desafios, tomar decisões mais rapidamente e solucionar imprevistos de forma objetiva.

2.   CONTROLE DE ESTOQUE

Realizar uma gestão inteligente de estoque é uma das práticas mais importantes da cadeia logística. Itens guardados em excesso podem expirar ou ficarem obsoletos. Além disso, materiais parados implicam custos de armazenagem e comprometem o capital de giro da empresa. Por outro lado, a insuficiência de insumos prejudica a produção e a entrega no prazo dos pedidos.

Como vemos, tomar a decisão correta sobre o que e o quanto estocar depende de análises estratégicas que envolvem a previsão de demanda, sazonalidades, tendências de mercado, gestão de compras e fornecedores, entre outros assuntos cruciais que devem ser pensados com cuidado.

Um caminho razoável é sempre manter um controle rígido dos níveis de estoque e focar em uma abordagem equilibrada em relação à quantidade de produtos, baseada em um volume máximo e um mínimo para cada item de acordo com a sua saída.

3.   TECNOLOGIA

O uso de recursos tecnológicos já é uma realidade no ambiente corporativo. Na gestão do setor de logística, a adoção dessas ferramentas é ainda mais decisiva, visto que o volume de informações e a quantidade de etapas na cadeia de distribuição são expressivos.

Existe uma série de recursos tecnológicos que oferecem soluções completas e integradas para a gestão de todas as etapas da cadeia logística. Tanto hardwares quanto softwares são utilizados para assegurar o planejamento estratégico e otimizar funções como transporte e armazenamento.

O uso dessas ferramentas resulta em um incrível ganho de tempo, qualidade e precisão das tarefas, além de promover a redução de custos, erros e desperdícios.

A tecnologia auxilia na redução do custo de transporte, na desburocratização de processos e cria um ambiente de concorrência mais ético.

Por mais eficientes que sejam os processos de uma empresa, eles podem ser ainda melhores e mais rápidos com a implementação de ferramentas tecnológicas. A evolução acelerada do mercado e o intenso dinamismo do setor ressaltam o fato de que, se empresas desejam ser competitivas e elevar suas operações logísticas a novos patamares, elas precisam inovar e ficar atentas às tendências.

Com a tecnologia como aliada cuidando de etapas operacionais, gestores e demais profissionais estão liberados para tratar de assuntos mais estratégicos que dizem respeito ao direcionamento da empresa e à solução de problemas críticos. Isso faz toda a diferença para o crescimento estruturado do negócio, que tem o setor de logística eficaz como sua base.

4.   COMPROMISSOS COM OS PRAZOS

Realizar entregas dentro da data estipulada é um dos objetivos finais da logística. Cumprir prazos é, portanto, um dos mecanismos de reforço da imagem e da credibilidade da marca mais importantes. Com planejamento e organização, essa meta fica mais fácil de ser atingida, e a empresa fideliza seus clientes.

Para exibir um crescimento saudável, reduzir riscos e ter mais lucros, as empresas precisam contar com um setor de logística bem-organizado. Somente dessa forma, elas conseguirão atender seus clientes com mais qualidade e eficiência, além de ganhar uma posição de destaque no mercado. Por isso, não perca tempo e aposte em nossas dicas!

Gostou de saber mais sobre organização para o setor de logística? Confira algumas dessas soluções baixe o [E-BOOK] SOLUÇÕES LOGÍSTICAS: TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER.

[E-BOOK] SOLUÇÕES LOGÍSTICAS: TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Marcelo Banzato
Marcelo Banzato

CEO da empresa Cotlog Soluções Logísticas é pós-graduado no curso Executivo em Gestão Empresarial pela Fundação Getulio Vargas. Possui em seu currículo várias certificações internacionais na área da hipnoterapia.

Todos as publicações do(a) autor(a)

Deixe seu comentário aqui:

Artigos Relacionados